vidapoetisa

Eu sou intensa.E vou morrer assim. Por + que eu tente puxar o freio de mão, as emoções me dominam e pulam de dentro de mim desesperadamente. "Carissa Correa"

Archive/RSS

"Preciso de alguém para amar no meio do dia
Eu quero alguém para estar
E alguém para andar pela cidade
Preciso de alguém para amar
Quando as coisas não estiverem indo bem."

- The Kooks.  (via realismos)

(via processiva)

"A saudade é o lugar
mais perto do mundo."

- Annd Yawk  (via oxigenio-dapalavra)

(Source: prisioneiro-da-morte, via oxigenio-dapalavra)

"Afinal de contas, eu tinha feito tudo que me havia proposto na vida. Dera os passos certos. Não dormia na rua. Claro, havia um bocado de gente boa dormindo nas ruas. Não eram idiotas, apenas não se encaixavam na maquinaria necessária no momento. E essas necessidades viviam mudando. Era uma luta desigual, e se a gente dormia na própria cama já era uma vitória contra as forças. Eu tivera sorte, mas alguns dos passos que dera não os dera inteiramente sem pensar. Em geral, porém, era um mundo horrível, e eu muitas vezes me sentia triste pelos outros. Bem, ao diabo com isso. Peguei a vodca e tomei um trago."

- Charles Bukowski.  (via oxigenio-dapalavra)

(Source: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r, via oxigenio-dapalavra)

"Há gente que, em vez de destruir, constrói; em lugar de invejar, presenteia; em vez de envenenar, embeleza; em lugar de dilacerar, reúne e agrega."

- Lya Luft  (via oxigenio-dapalavra)

(via oxigenio-dapalavra)

Ma belle…

Tenha fé em minhas palavras, não há alguém que me conheça melhor do que eu mesmo. Posso ser comparado ao Sol, mas não por sua grandeza e imensurável beleza, e sim por ter que manter certa distancia para evitar feridas. Sou feito de explosões que cegam quem tenta se aproximar.

(Source: sou-palavra, via oxigenio-dapalavra)

"O ataque é esse, te acertam em cheio e em seguida você sente aquela pressão no peito até sangrar. E um enorme bloco de concreto despenca do céu em direção ao seu cérebro, os pensamentos ficam espalhados no acostamento e os sentimentos escapam em meio à poeira da derrapagem. Você fica lá estirado no asfalto, todo torto, arrebentado, até que uma boa alma ofereça uma mãozinha pra se levantar, e mesmo em estado de choque você chora, chora de raiva, de saudade, de desespero, de culpa por ter acreditado tanto e ter permanecido no alvo, mesmo sabendo do perigo."

- Elisa Bartlett  (via oxigenio-dapalavra)

(via oxigenio-dapalavra)